sexta-feira, 6 de janeiro de 2017

Sopa de chuchu, feijão branco e alface





Meu chuchuzinho! Cozinhei pela primeira vez chuchus, vindos directamente da aldeia, oferecidos por uma amiga. Utilizei-os como se de batatas se tratasse e a sopa saiu bem cremosa! Aos chuchus, juntei ainda uma cenoura e 3 dentes de alho e, por cima, num coador de arame, feijão branco já cozido e 1 alface migada. Et voilà!

quarta-feira, 4 de janeiro de 2017

Bolo de amêndoa com doce de ovos





Farta de doces? Jamais!

Para o bolo: 1 chávena e meia de açúcar, batida com 5 ovos, mais 1 chávena de farinha, 1/2 chávena de amêndoa moída e 1/3 de chávena de óleo, para humedecer o bolo. Coze no forno a 180 ºC durante uns 40 minutos.

Para o doce de ovos: mistura-se numa taça 1 chávena de açúcar com 1/2 chávena de água e leva-se comodamente ao micro-ondas, na potência máxima, durante 6 minutos, mexendo de 2 em 2 minutos. A seguir, junta-se esta calda de açúcar, mexendo vigorosamente, a 6 gemas de ovos mexidas. Vai outra vez ao micro-ondas durante 4 minutos, mexendo muito bem de minuto a minuto. Estando frio, cobre lindamente o bolo.  


Gros bisous e FELIZ 2017!!!

quinta-feira, 29 de dezembro de 2016

Polvo assado com arroz de camarão




Estou a olhar para a foto e a ficar com fome (apesar de ter almoçado há uns 30 minutos…).

O polvo, muito simples: coze-se o polvo, lançando-o numa panela com água inicialmente fria, para que fique tenro. Em 40 minutos, mais coisa menos coisa, está pronto. Cortadinho em tentáculos, é assado no forno bem quente, em azeite e alho, ou na Actifry, ou ainda numa frigideira, até alourar.

O arroz, mais simples ainda: estão ali camarões já cozidos, vamos só descascá-los. Alho a estalar em azeite, polpa de tomate em cima (comprei uma óptima no LIDL, tenho de a fotografar), água a ferver suficiente para uma boa calda, arroz e o camarããão. Em 15-20 minutos está tudo pronto e nós à mesa!

  

sexta-feira, 9 de dezembro de 2016

Lasanha de salmão





Pouco fotogénica, mas bem boa, é uma questão de não ligarmos a aparências. E rápida, apesar de lasanha.

- Numa frigideira, cozinha-se o salmão em azeite e alho, devidamente temperado com sumo de limão, sal e pimenta, para depois o abrir em lascas.

- Num tachinho ao lado, prepara-se um bechamel com margarina, farinha, leite, sal, pimenta e noz-moscada.

- Saindo o salmão, vai para a frigideira uma boa polpa de tomate frito. Juntem um bocadinho de orégãos. Juntem ainda molho de alho (este da Paladin é du best, já comprei para repor), deixem ferver, provem e acrescentem mais se necessário.

 
- Já estamos a demorar muito, vamos avançar para uma assadeira, cobrindo o fundo com bechamel, seguindo-se uma folha de lasanha, previamente cozida ou amolecida em água, consoante seja massa seca ou fresca. Por cima, uma camadinha de salmão, couve branca cortada fininha e mais bechamel. Agora sucedem-se folhas de lasanha, molho de tomate e alho, e por aí fora, até acabar e rematar com bechamel e uma camadinha de queijo ralado. Forno ou microondas, durante uns 20-25 minutos e já está na mesa!   


quarta-feira, 7 de dezembro de 2016

Brigadeiros bomba





Toda a gente sabe fazer brigadeiros? Eu não sabia, tinha apenas uma ideia, mas nunca tinha feito. Fiz esta semana, graças às indicações da minha querida amiga Rosélia.

Ora num tachinho ao fogão, junta-se 1 lata de leite condensado de chocolate (bomba, bomba, bomba!), 2 colheres de chocolate em pó e 1 colher de margarina, e é mexer sempre em lume brando até engrossar (hei-de tentar fazer isto no micro, depois digo-vos se correr bem…). 

 
Feito isto, passa-se este creme para arrefecer num prato untado com óleo ou margarina.

Já está frio, vamos formar bolinhas e passá-las por coco ralado (deveria ser granulado de chocolate, mas não tinha). Por fim, deixar refrescar no frigorífico e arremessar para a boca!